Na Mídia

Oi, o que você está procurando?

Viral

Governo deve começar a taxar big techs em breve; saiba mais

governo-deve-comecar-a-taxar-big-techs-em-breve;-saiba-mais

O ministro das Comunicações anunciou seus planos de apresentar um projeto de Lei que propõe a taxação das big techs. Saiba mais!

O ministro das Comunicações, Juscelino Filho (União), anunciou seus planos de apresentar um projeto de Lei que propõe a taxação das big techs, isto é, as maiores empresas de plataformas digitais da internet, como Google e Meta, proprietária do Facebook, Instagram e WhatsApp

Assim, o objetivo principal deste projeto é financiar ações para a inclusão digital no Brasil. Dessa forma,  Juscelino Filho fez o anúncio durante um evento em Barcelona, E, apresentação do projeto ao Congresso Nacional ocorrerá até o fim do primeiro semestre de 2024. Veja mais detalhes!

Taxação das big techs

De acordo com o ministro, o projeto de taxação das big techs ainda está em fase de análise. No entanto, ele defende que as grandes empresas de tecnologia precisam ter um “dever social”. 

Além disso, Juscelino acredita que, com a contribuição dessas empresas, seria possível revolucionar a inclusão digital no mundo inteiro. Especialmente levando internet para a população mais pobre e, consequentemente, diminuindo as desigualdades sociais.

Juscelino Filho está atualmente em Barcelona, na Espanha, onde participa do Mobile World Congress. A instituição responsável pelo evento é a GSM Association, uma organização que representa os interesses das operadoras móveis em todo o mundo. Foi durante este evento que o ministro fez o anúncio do projeto de lei. 

Imagem: Ascannio / Shutterstock.com

Marco regulatório

Portanto, esse projeto de Lei que deve ser apresentado ao Legislativo em breve seria um marco regulatório importante no setor tecnológico do Brasil. Podendo alterar significativamente a forma como as grandes empresas de internet operam no país. 

De acordo com dados da pesquisa TIC (Tecnologias de Informação e Comunicação nos Domicílios Brasileiros) Domicílios 2023, elaborada pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil, até o ano passado, 29 milhões de brasileiros não tinham acesso à internet.

Veja também:

Já está em operação: confira como funciona o FGTS Digital

No entanto, até o momento, ainda não foram divulgadas mais informações sobre como funcionaria essa taxação e quais medidas práticas seriam tomadas para garantir a inclusão digital através desses recursos.

Imagem: Ascannio / Shutterstock.com

Aviso Legal: Comentários e Opiniões

Os comentários e opiniões dos usuários são de responsabilidade exclusiva de seus autores. O Grupo Cacoal NEWS não endossa nem se responsabiliza por qualquer conteúdo expresso nos comentários, e reserva-se o direito de remover, modificar ou não aprovar comentários que violem nossas políticas editoriais ou que possam ser considerados inadequados.

Postar Comentário

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM

Economia

Após a devolução da medida provisória que pretendia limitar a compensação do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da...

Economia

O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu nesta quinta-feira (13) retirar de pauta todos os itens que estavam previstos para serem...

Economia

Previsto para ocorrer no primeiro trimestre de 2025, o leilão de trechos das BRs-060 e 364, em Goiás e Mato Grosso, teve o plano...

Economia

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, disse que o governo está comprometido com o arcabouço fiscal...

Publicidade