Na Mídia

Oi, o que você está procurando?

Rondônia

Nova onda de calor deve atingir cidades de Rondônia

nova-onda-de-calor-deve-atingir-cidades-de-rondonia

Previsão é que o calorão aumente consideravelmente a partir de quarta-feira (13). Temperaturas devem ficar entre 3°C e 5°C acima da média histórica para esse período.


Com a previsão de temperaturas máximas que chegam aos 35°C, algumas cidades de Rondônia devem enfrentar uma nova onda de calor nesta semana. A previsão é que o calorão aumente consideravelmente a partir de quarta-feira (13).

O motivo para a nova onda de calor – condição que se repetiu com frequência no ano passado – é a atuação de um sistema de alta pressão sobre a região.

Terceira onda de calor de 2024 no Brasil. — Foto: Climatempo/Reprodução

A tendência é que as temperaturas fiquem entre 3°C e 5°C acima da média histórica para esse período, considerado a reta final do verão.

Aviso Legal: Comentários e Opiniões

Os comentários e opiniões dos usuários são de responsabilidade exclusiva de seus autores. O Grupo Cacoal NEWS não endossa nem se responsabiliza por qualquer conteúdo expresso nos comentários, e reserva-se o direito de remover, modificar ou não aprovar comentários que violem nossas políticas editoriais ou que possam ser considerados inadequados.

Postar Comentário

Responder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VEJA TAMBÉM

Economia

Após a devolução da medida provisória que pretendia limitar a compensação do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da...

Economia

O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu nesta quinta-feira (13) retirar de pauta todos os itens que estavam previstos para serem...

Economia

Previsto para ocorrer no primeiro trimestre de 2025, o leilão de trechos das BRs-060 e 364, em Goiás e Mato Grosso, teve o plano...

Economia

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, disse que o governo está comprometido com o arcabouço fiscal...

Publicidade